FANDOM


Cracidae é uma família da ordem galliforme que inclui as aves conhecidas popularmente no Brasil como mutum (gêneros Crax e Mitu), jacu (gêneros Penelope e Pipile) e aracuã (gênero Ortalis). O grupo habita sobretudo as zonas tropicais e subtropicais da América do Sul, América Central e América do Norte até o México; a espécie Ortalis vetula, no entanto, chega a incluir em sua área de distribuição o estado americano do Texas.

Assemelham-se morfologicamente aos seus parentes distantes, os faisões e perdizes européias e asiáticas (pertencendo, tal como estes, à ordem dos Galliformes), diferindo deles, no entanto, pelo fato de preferirem habitats florestais aos campestres, nidificarem em árvores, e não no chão, e terem uma alimentação mais frugívora do que granívora. Os cracídeos são importantes dispersores de sementes e aparentemente têm um papel fundamental em manter a floresta tropical através da dispersão de suas plantas preferidas (Guix e Ruiz 1997, Sedaghatkish et al. 1999). Dispersão de sementes é o fenômeno onde as sementes de plantas e árvores são dispersas por certas animais que comem a semente e a excreta em outras áreas da floresta onde a semente então germina. A predação de semente é o termo dado ao processo onde os animais comem a parte reprodutiva das plantas, portanto, impedindo sua regeneração.

Enquanto os aracuãs e jacus tendem a regenerar a floresta através da dispersão de sementes, os mutuns parecem ser principalmente predadores de sementes, ajudando assim a manter a densidade populacional de plantas e árvores sob controle (e.g. Caziani e Protomastro 1994,Érard et al. 1991, Érard e Théry 1994, Théry et al. 1992), embora os mutuns possam dispersas sementes mais duras (e.g., Santamaria y Franco 1994, Peres e van Roosmalen 1996), não se tem ainda um conhecimento muito forte desta dinâmica de dispersão e predação de sementes. Por exemplo, potencias destruidores de sementes como Penelope obscura podem simultaneamente espalhar sementes vivas e matar insetos parasitas que contaminavam as sementes (Guix e Ruiz 1997). Alguns cracídeos podem predar pesadamente sua espécie de flor preferida, impedindo a formação de frutos. Por exemplo, flores de Tabebuia spp. são um alimento preferido de jacus,jacutingas e aracuãs na estação seca no Pantanal, e as aves certamente produzem um impacto na demografia destas árvores (F. Olmos, in litt.).

Todas são espécies cinegéticas, e algumas em vias de extinção.